Nesta mesa-redonda será debatida a questão de Cabinda sob várias perspectivas, a partir da apresentação e discussão de duas obras com os autores, especialistas, e público sobre o tema.

Décima oitava província de Angola, este enclave, situado entre aos dois Congos e principal produtor de petróleo no país, tem sido alvo de uma longa disputa político-territorial, bem como de importantes questões em torno de liberdades políticas e dos direitos humanos. Recentemente, o novo governo angolano admitiu a grave instabilidade vivida em Cabinda. O CEI-IUL, em parceria com a Plataforma de Reflexão Angola e o Núcleo de Estudantes Africanos (NEA) do ISCTE-IUL, organizará uma mesa redonda sobre Cabinda nas suas várias perspetivas. Quatro oradores convidados ajudarão a compreender os contornos histórico-geográficos, político-administrativos e jurídicos, de direitos humanos e culturais relativos à Questão de Cabinda.

Oradores:

Arão Bula Tempo (Advogado e Ativista)

José Marcos Mavungo (Ativista)

Raul Tati (Deputado e Professor Universitário, UCAN)

Sedrick de Carvalho (Jornalista e Ativista)

 

Moderado por:

Claudia Generoso de Almeida (CEI-IUL)

Orlando Sérgio (Plataforma Reflexão Angola)