Coordenador: Manuel João Ramos

Esta linha prossegue os 30 anos de experiência de produção de conhecimento e de networking internacional no campo dos Estudos Africanos e tem como objetivo o estudo dos desafios fraturantes do desenvolvimento da África subsariana na segunda década do século XXI. A linha está estruturada em torno de três grandes temas, transversais aos três grupos de investigação do CEI-IUL.

O primeiro tema aborda os Desafios Políticos e de Segurança:

  • Implicações políticas e de segurança da fragilidade do Estado, com destaque para duas regiões: o Corno de África e os dois estados sudaneses e os estados (pertencentes ou com fronteiras) do Sahel.
  • Implicações das revoluções árabes e da queda dos regimes autoritários do Norte de África.
  • Dinâmicas e revivalismo religioso em África (religiões tradicionais, igrejas evangélicas e reformismo muçulmano).

O segundo tema centra-se nos Desafios Sociais e Demográficos:

  • Desafios divisivos e fraturantes nas comunidades urbanas, consequência do crescimento populacional e da taxa de urbanização.
  • Integração social da juventude, desafios aos regimes educativos e estratégias de educação, e proteção social nas áreas urbanas.
  • Novas epistemologias em contextos pós-coloniais.

O terceiro tema foca os Desafios Económicos e de Cooperação para o Desenvolvimento:

  • O impacto das economias emergentes no desenvolvimento africano, no crescimento e na mudança social.
  • A crescente importância de novos parceiros em termos de fluxos comerciais, de IDE e de APD.
  • O paradoxo do desenvolvimento em África, fruto do aumento da procura de matérias primas.
  •  As mudanças estratégicas provocadas pelas novas parcerias e investimentos no desenvolvimento africano, bem como a abertura de novas oportunidades para a procura de soluções para os grandes problemas internos e regionais.
  • Impacto local de dinâmicas globais, segurança alimentar e migrações.