Qualificações Académicas

Doutoramento em Estudos Africanos, 2016 – Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL), Portugal.

MSc Nationalism and Ethic Conflict, 2002 – Birkbeck College, Universidade de Londres, Reino Unido.

Licenciatura em Relações Internacionais, 2007 – Universidade do Minho, Braga, Portugal.

Resumo Biográfico

Vasco Martins é doutorado em Estudos Africanos e investigador no Centro de Estudos Internacionais do Instituto Universitário de Lisboa (CEI-IUL). Atualmente desenvolve a sua investigação sobre cidadania e identidades sociais e políticas em Angola. A sua tese de doutoramento intitulada The plateau of trials: modern ethnicity in Angola é um estudo histórico alargado sobre as grandes mudanças políticas, sociais e económicas que afetaram os Ovimbundu desde o inicio do século XX até aos dias de hoje, com especial ênfase na criação de identidades sociais durante o período colonial e de guerra civil, e a sua repercussão no período de paz.

Publicações Salientes

Martins, Vasco (2015), “Ovimbundu identity attributions in post-war Angola”, Journal of Southern African Studies, 41 (4), pp. 853-867.

Martins, Vasco (2016), “Segurança, etnicidade e nacionalismo: interpretação, instrumentalização e resolução”. In Raquel Santos Duque, Diogo Noivo, Teresa Almeida e Silva (Eds.), Segurança Contemporânea. Lisboa: Pactor.

Publicações

Martins, V.M. (2016) The plateau of trials: modern ethnicity in Angola, Lisboa: ISCTE-IUL.

Martins, V.M. (2016) "A estranha oligarquia: O magnífico mito de Angola", Relações Internacionais, 50, 147-150.

Martins, V.M. (2016) "Politics of power and hierarchies of citizenship in Angola", Citizenship Studies, 21 (1), 100-115.

Martins, V.M. (2015) "Ovimbundu Identity Attributions in Post-War Angola", Journal of Southern African Studies, 41 (4), 853-867.