Resumo Biográfico

Miguel M. Ajú nasceu em Angola. Tendo vivido no estrangeiro nos últimos dezassete (17) anos, a sua carreira profissional tem-se desenrolado predominantemente na esfera internacional junto da Organização das Nações Unidas (O.N.U.), os últimos 10 anos de forma contínua com o Departamento das Operações de Manutenção de Paz (DPKO) e Departamento de Apoio ao Terreno (DFS), respectivamente.

Tem uma vasta experiência internacional em contextos complexos de conflicto e pós-conflicto, com um conhecimento profundo do sistema das Nações Unidas, desde África (Sudão; Sudão do Sul, Quénia e Somália), passando pela Europa (Holanda) até ao Sudeste Asiático (Timor-Leste) e actualmente nas Américas (Haiti).

Enquanto no Quénia, desempenhou funções concomitantemente com a Missão da O.N.U. na Somália, o Escritório do Enviado Especial do Secretário-Geral para a Região dos Grandes Lagos (O/SESG-GL) e o Grupo de Monitorizaçco das Sanções da O.N.U. para Somália-Eritreia (SEMG) e ao mesmo tempo esteve também envolvido em actividades de coordenação e apoio operacional à Missão da União Africana na Somália (AMISOM).

É detentor de mestrado em Ciências de Gestão e Doutorando em Ciência Política e Relações Internacionais no Instituto Universitário de Lisboa – IUL-ISCTE, Portugal. Fala fluentemente o Inglês, Francês e o Português.

Como investigador no Centro de Estudos Internacionais (CEI-ISCTE), as suas áreas de interesse incluem: Dinâmicas de Segurança, Segurança na Região do Corno de África, Operações de Manutenção da Paz, Operações de Paz a nível regional – com particular destaque as lideradas pela União Africana, Cooperação entre as Nações Unidas e União Africa em matérias de Paz e Segurança, Diplomacia e Politica Internacional, Reformas da ONU, As Relações Internacionais Africanas, Politica Externa Americana e da União Europeia para com África; Desenvolvimentos Políticos e Politica Externa de Angola.