Research Team

Aline Afonso, Clara Carvalho, Ana Mandarino

Participant Institutions

Universidade Estadual de Santa Cruz - UESC (Brasil)

Abstract

Objetivo Primário:
Identificar e caracterizar o uso de recursos terapêuticos por parte de clientes de 02 (duas) Casas de Candomblé na Cidade de Ilhéus/Brasil e 01 (uma) Casa de Candomblé na Cidade de Sintra/Portugal, tomando para tal o comportamento concreto de mulheres no uso de recursos em saúde e como os diferentes recursos são utilizados por elas.

Objetivo Secundário:
Identificar e caracterizar o papel das casas de Candomblé na promoção da saúde e como agências terapêuticas: 2. Identificar, descrever e analisar as estratégias e comportamentos dos usuários dos serviços terapêuticos do Candomblé nos cuidados com sua própria saúde: 3. Reconstruir itinerários terapêuticos de usuários, tomando conhecimento dos fatores envolvidos na tomada de decisão e seleção terapêutica, com vistas a apreender os significados da opção pelo Candomblé como agência de saúde. 4. Identificar o idioma religioso e relacionar com a experiência da doença. 5. Desenvolver estudos comparativos sobre pluralismo médico nos diferentes contextos abordados.

Benefícios:
O interesse da equipe brasileira é consolidar parcerias previamente estabelecidas com pesquisadores do Centro de Estudos Internacionais, do Instituto Universitário de Lisboa, com interesses de estudos de práticas terapêuticas com grupos vulneráveis em países lusófonos e esta candidatura constitui importante instrumento de desenvolvimento, de implementação de produção e de transferência de conhecimentos, experiências exitosas e contribuindo assim para capacitar recursos humanos de ambos países e fortalecendo laços técnico-científicos e possuindo papel promotor de pesquisa no Brasil, nas periferias das Cidades de Ilheus, Bahia e de Lisboa, Portugal, organizações de eventos de intercâmbios, de confecções de metodologias de investigação para estudos conjuntos, co-autorias em artigos científicos e organização de coletânea impressa, com apresentações dos estudos realizados conjuntamente. Por sua vez, o interesse da equipe do Centro de Estudos Africanos é dar continuidade aos trabalhos iniciados sobre a questão de saúde e gênero em Portugal, criando uma equipe interdisciplinar com a Universidade de Santa Cruz, que permita aprofundar os trabalhos anteriormente realizados, fazer transferência de conhecimentos, alargar as metodologias utilizadas, apoiar e internacionalizar a investigação de doutorandos, internacionalizar as publicações através de co-autoria de artigos científicos e contribuir para o aprofundamento e internacionalização da investigação contando com a ampla experiência da equipe da Universidade referida no campo da saúde pública e do pluralismo médico.