Palavras-chave

poder, cadeia iniciática, estruturas políticas tradicionais, linguagens de poder, identidade, coesão social

Resumo

Análise das relações e dinâmicas existentes entre a cadeia iniciática e o poder. Pretende-se a compreensão da capacidade de adaptação das linguagens de poder, geradas e legitimadas por um complexo processo iniciático, para assegurar a manutenção da ordem e coesão social e a sua influência na construção e adaptação da identidade Felupe (Joola-ajamaat) às circunstâncias actuais; ou seja, perceber até que ponto estas linguagens de poder são compatíveis com a ideia de uma identidade guineense, ou a ela concorrente.