Palavras-chave

juventude, rapariga, género, urbano, Guiné-Bissau

Resumo

Este projecto de investigação visa analisar os actuais problemas de jovens em contextos de declínio económico prolongado, limitado papel socioeconómico do Estado e reestruturação social urbana na África subsaariana, focando sobretudo a forma como são vividos, percepcionados e geridos pelas raparigas e jovens mulheres – ao analisar a sua situação, expectativas, estratégias e obstáculos. Procura-se também avaliar criticamente as políticas existentes e os mecanismos implementados para responder aos problemas com os quais os jovens se debatem. Através do estudo de caso de Bissau, este projecto pretende tornar visíveis dois elementos que têm sido ocultados na actual literatura académica sobre os jovens em África: apresentando um quadro da juventude que contrasta com os estereótipos geralmente negativos dos jovens em África, e centrando-se sobretudo nas estratégias que as raparigas e as jovens mulheres concebem e colocam em prática para contornar os problemas ou dificuldades que enfrentam.