Equipa

Alexandra Dias, Gabriel Mithá Ribeiro, Helder Jauana, José Gonçalves, Vítor Alexandre Lourenço

Palavras-chave

Actores Sociais, Estado, Poder Político Local, Politica

Resumo

O projecto pretende analisar de forma comparativa a participação dos actores sociais locais, em meio rural, nos processos de construção de espaços políticos e da sua articulação com os actores políticos nacionais, o Estado e os partidos políticos. A unidade de análise privilegiada centra-se nas fronteiras político- administrativas mais significativas das comunidades rurais (distritos, municípios, chefferies, círculos), em países como Angola, Moçambique, Gana e Etiópia. O projecto está idealizado tendo como pano de fundo a realização de dois produtos científicos complementares, uma conferência final, com participação dos membros da equipa de investigação e de académicos de relevância internacional. E um livro escrito pela equipa de investigação, além de um conjunto de artigos em revistas de relevância internacional. Outros produtos a incluir serão duas teses de Doutoramento. As comunidades rurais estudadas e os respectivos investigadores serão assim distribuídos: Fernando Florêncio, com estudo sobre a região do Bailando, em Angola; José Gonçalves, sobre as comunidades dos municípios de Kuanhama e Namacunde, sudoeste de Angola; Alexandra Magnólia Dias, sobre a região de Tigray, na Etiópia; Gabriel Mithá Ribeiro, com pesquisa sobre Borama, na província de Tete, Moçambique; Vítor Alexandre Lourenço com pesquisa sobre a região Ashanti, do Gana; Hélder jauana, com pesquisa sobre o distrito de Matola, em Moçambique. Na sua calendarização o projecto contém três fases diferentes, mas complementares, de análise e discussão teórica interna dos principais conceitos e propostas teóricas com vista à estruturação de uma abordagem teórico- metodológica comum à equipa; de pesquisa de terreno e obtenção de dados empíricos directos; de reconstrução da abordagem teórico-comparativa à luz da empírica e produção de textos e preparação da conferência final do projecto. A recolha de dados empíricos directos sobre comunidades rurais escassamente estudadas até ao presente e suas dinâmicas sócio-políticas e a comparação com base ao entendimento de um nexus de continuidades, rupturas e diferenciações, constitui uma mais valia heurística significativa deste projecto.