Resumo

Esta tese foca-se na analise da esfera da humanidade e da condição humana em Angola num plano que cruza três grandes momentos históricos que foram o colonialismo, a guerra pós-independência e a paz. No quadro destes três momentos históricos coloca-se em perspectiva a questão da liberdade, da construção da nação e da reconciliação nacional pósconflito armado, através da produção de discursos e das ações humanas à parte do Estado, seguindo uma análise histórica micro-sociológica das dinâmicas de reprodução social no âmbito da relação do Poder com os indivíduos, assim como da produção da legalidade e da acomodação de instâncias sociais que concorrem na produção de sentido às realidades passadas e presentes.