Este trabalho procura estabelecer um roteiro analítico sobre a evolução da reivindicação democrática em Angola, seu conteúdo e sua relação com os contextos sócio-economicos que têm caracterizado o país, desde a aparição da imprensa angolana na segunda metade do século XIX até ao começo do segundo semestre de 2003, quando se preparam novas eleições.

Table of Contents

1. Introdução
2. O proto-nacionalismo
3. A luta de libertação nacional
4. A transição para a Independência
5. A continuidade das armas
6. Sociedade civil e conclusões
7. Bibliografia

Edicao Digital