Academic Qualifications

Pós-doutoramento em Literatura Comparada, em 2015 – CES, Universidade de Coimbra, Coimbra, Portugal.

Doutoramento em Literatura, em 2006 – Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Florianópolis, Brasil.

Mestrado em Literatura, em 2000 – Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Florianópolis, Brasil.

Especialização em Literaturas Africanas de Língua Portuguesa, em 2009  – Instituto Camões, Lisboa, Portugal.

Licenciatura em Geografia, em 1993 – Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Florianópolis, Brasil.

Biographical Information

Doutorada em Literatura com tese e dissertação de mestrado sobre a relação entre os discursos oficiais e a cultura popular na Guerra do Contestado (1912-1917), evento que promoveu um dos maiores massacres de civis pelo Estado brasileiro com base em teorias raciais e projetos neo-coloniais de ocupação de terras e modernização. Professora associada I do Departamento de Língua e Literatura Vernáculas da UFSC onde atua, desde 2009, nas àreas de Literatura Portuguesa e Literaturas Africanas de Língua Portuguesa e também no Programa de Pós-graduação em Literatura. Desenvolve investigação, ensino e extensão sobre temas ligados às literaturas e teorias pós-coloniais com ênfase em autores africanos e caribenhos, às culturas e literaturas negras periféricas na diáspora afro-latino-americana e em África sobretudo no rap e suas questões de crioulização, racismo, ativismo e direitos humanos e também na interface destas literaturas e culturas com as políticas linguísticas no âmbito da CPLP. Coordena o Núcleo de Estudos de Poéticas Musicais e Vocais da UFSC, participa do Grupo de Estudos Pós-coloniais e Afro-latino-americanos, também da UFSC. É pesquisadora associada ao Centro de Estudos Africanos da UFMG. Participou como membro da Comissão da Verdade da Escravidão Negra em Santa Catarina (OAB), no ano de 2016. É colaboradora do CEI-IUL desde dezembro de 2017.

Key Publications

Oliveira, S. de. (2017). “Políticas da Inimizade” (resenha da obra de Achille Mbembe), REBELARevista Brasileira de Estudos Latino-Americanos, v.7, n.1. jan./abr, IELA-UFSC, Florianópolis, 191-196. http://www.iela.ufsc.br/rebela/revista/resenha/politicas-da-inimizade

Oliveira, S. de. (2017). “Inimigo íntimo: sujeito lírico e subjetividade negra na performance vocal de Mano Brown”. In Rodrigo Vasconcelos Machado Atas do III Simpósio de Literatura Negra Ibero-Americana, 333-347, Curitiba: UFPR -SCHLA. ISBN: 9788599229415 https://simposioliteraturanegraiberoamericana.files.wordpress.com/2017/04/e-book-atas-do-iii-simpc3b3sio-internacional-de-literatura-negra-ibero-americana.pdf

Oliveira, S. de. (2015). “Indígenas, imigrantes, pobres: o afropolitanismo no rap crioulo”. Coimbra: Alice News, CES-UC. http://alice.ces.uc.pt/news/?p=4667

Oliveira, S. de. (2015). “O rap e os direitos humanos em Angola”. Lisboa: Buala; Coimbra: Alice News, CES-UC. http://alice.ces.uc.pt/news/?p=4548

Oliveira, S. de. (2015). “O rolezinho, do rap ao funk, como emergência cultural da periferia”. In Boaventura de Sousa Santos e Teresa Cunha Atas do Colóquio Internacional Epistemologias do Sul, vol. 4, 163-178, Coimbra: CES- UC. ISBN 9789899584051 http://alice.ces.uc.pt/coloquio_alice/wp-content/uploads/2015/08/Livro_DH.pdf