Academic Qualifications

Doutoramento em Relações Internacionais, 2013 – Universidade de Coimbra, Portugal.

Diploma de Estudos Avançados em Política Internacional e Resolução de Conflitos, 2007 – Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, Portugal.

Licenciatura em Relações Internacionais, 2005 – Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, Coimbra – Portugal

Biographical Information

Professor convidado do ISCTE-IUL. Professor do Departamento de Relações Internacionais da Universidade Autónoma de Lisboa (UAL) e professor convidado da Universidade ORT do Uruguai. Investigador integrado do Observatório de Relações Exteriores da UAL, onde lidera um projecto na área dos recursos energéticos e dos poderes político e económico. Tem coordenado vários cursos intensivos na área dos conflitos internacionais em universidades brasileiras. Doutorado em Relações Internacionais pela Universidade de Coimbra, com uma tese sobre nacionalismo e conflitualidade. Diploma de Estudos Avançados em Política Internacional e Resolução de Conflitos (2007) e licenciado em Relações Internacionais pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra (2005). Investigador na Universidade de Deusto (2008/2009), ao abrigo do European Doctorate Enhancement in Peace and Conflict Studies (EDEN). Bolseiro de doutoramento da Fundação para as Ciências e Tecnologias (2008-2011). Presidente da Câmara de Comércio Portugal – Atlântico Sul.

Key Publications

Romão, Filipe Vasconcelos (2014) Nacionalismos espanhóis: tensão e conflitualidade. Lisboa: Edições 70.

Romão, Filipe Vasconcelos (2013) “A transformação dos mecanismos de materialização política das identidades nacionais: o Estado autonómico espanhol e a emergência das autonomias-nação basca e catalã” Revista Brasileira de Política Internacional, Ano 56, n.o 2. 


Romão, Filipe Vasconcelos (2013) “O carácter multidimensional dos nacionalismos centrípetos e centrífugos” Janus.Net, Vol. 4, n.o 2, 64-73. 


Romão, Filipe Vasconcelos (2013) “A transformação do conceito de soberania: a emergência política e legal das “autonomias-nação” no quadro da Constituição espanhola de 1978” RI – Relações Internacionais, 39, 113-124. 


Romão, Filipe Vasconcelos (2013). Do Estado-nação à autonomia-nação: desafios ao conceito de soberania, Meridiano 47, 166, 3-9.