Encontram-se abertas as candidaturas para o curso de verão ” Ativismos Em África: Estado da Arte, Métodos, Contextos e Casos”. O curso decorrerá entre 4 e 8 de setembro e será coordenado pelos investigadores do CEI-IUL Ana Lúcia Sá, Mojana Vargas e Eduardo Costa Dias. Terá uma duração de 20 horas, decorrendo de segunda a sexta-feira entre as 14:00 e as 19:00 horas. A organização está a cargo do Centro de Estudos Internacionais (CEI-IUL) e do Instituto para as Políticas Públicas e Sociais (IPPS-IUL), do ISCTE-IUL. O curso é direccionado a estudantes universitários, activistas, membros de organizações não-governamentais e profissionais que queiram aprofundar o conhecimento sobre as dinâmicas dos movimentos sociais de ativismo e reflectir sobre o potencial transformador dos activismos no continente africano.

Muitos países africanos vivem um contexto em que a sociedade se defronta constantemente contra o Estado ou corporações privadas. Nessa situação, as organizações da sociedade civil tornam-se peça fundamental no xadrez político do continente. Atuando em campos diversos e quase sempre buscando formas não tradicionais de organização, colocam novos desafios à sua análise e interpretação. No seguimento do enorme sucesso da Conferência Internacional Ativismos em África, este curso visa formar, informar, refletir e debater sobre métodos de investigação para a análise das diversas formas de ativismos no continente africano.

Ativismos Em África: Estado da Arte, Métodos, Contextos e Casos

Coordenação: Ana Lúcia Sá, Mojana Vargas e Eduardo Costa Dias (CEI-IUL)

  • Data: 4 – 8 setembro
  • Horário: 2:00pm – 7:00 pm
  • Créditos: 6 ECTS
  • Língua: Português e Inglês
  • Candidaturas: 23 maio – 27 agosto
  • Preço: 100 Euros | Estudantes: 50 Euros
  • Candidatura e inscrição: 35 Euros

Estrutura do programa

  1. Métodos de análise para as diversas formas de ativismos no continente africano.
  2. O potencial transformador dos movimentos sociais no continente.
  3. Direitos Humanos em África
  4. Oportunidades e ameaças dos ativismos em África.
  5. Diálogos ativistas: intercâmbios entre África e suas diásporas.
  6. Análise de Casos: Primavera Árabe; Movimentos de Juventude e Protestos Juvenis em Cabo Verde; Movimentos de Libertação na África Colonial; Movimentos de Mulheres; Ativismo de Direitos Humanos; Movimentos Camponeses na África Subsaariana.

Candidate-se aqui!

 

Activisms in Africa: State of the Art, Methods, Contexts and Cases

Applications are open for the summer course ” Activisms in Africa: State of the Art, Methods, Contexts and Cases”. The course will be held between September 4 and 8 and will be coordinated by Ana Lúcia Sá, Mojana Vargas and Eduardo Costa Dias, researchers from CEI-IUL. It will have a duration of 20 hours, running from Monday to Friday between 2pm and 7:00pm . The program is organized by Center for International Studies (CEI-IUL) and the Institute for Public and Social Policies of ISCTE-IUL. It is aimed at university students, activists, non-governmental organisations, diplomats, and professionals that want to know more about the dynamics of the social movements in African activism as well as their potential for the African continent.

Today many African countries live in a context where society is constantly confronted by the state or private corporations. In this situation, civil society organizations become a key player in the political chess of the continent. Working in diverse fields and adopting non-traditional forms of organization, activists create new challenges to their analysis and interpretation. Following the enormous success of the International Conference on Activism in Africa, organized by the CEI-IUL in January 2017, this course aims to train, inform, reflect and debate on research methods to analyze the various forms of activism in Africa.

Coordination: Ana Lúcia Sá, Mojana Vargas and Eduardo Costa Dias (CEI-IUL)

  • Date: September 4 – 8
  • Time: 2:00p.m. – 7:00p.m.
  • Credits: 6 ECTS
  • Language: English and Portuguese
  • Applications: May 23 – August 27
  • Price: 100 Euros | Students: 50 Euros
  • Application and Registration fees: 35 Euros

Professors:

  • Ana Lúcia Sá (CEI-IUL)
  • Mojana Vargas (CEI-IUL)
  • Eduardo Costa Dias (CEI-IUL)
  • Edalina Sanches (ICS-UL)
  • Francesco Vacchiano (ICS-UL)
  • Gefra Fulane (FCSH-NOVA)
  • Guya Accornero (CIES-IUL)
  • Kajsa Johansson (Universiteit Linnäeus )
  • Miguel de Barros (INEP-Guiné Bissau)
  • Redy Wilson Lima (FCSH-NOVA)
  • Rui Garrido (CEI-IUL)
  • Silvia Stefani (Università degli Studi di Genova)

Program:

  1. Methods for the analysis of different forms of activism in African continent.
  2. The potential of social movements.
  3. Human rights in Africa.
  4. Opportunities and threats to activism in Africa.
  5. Activists’ dialogs: exchanges between Africa and its Diasporas.
  6. Case Studies : Arab Spring; Youth movements and protests in Cape Verde; Freedom movements in colonial Africa; Women movements; Activism of human rights; Peasant movements in Sub-Saharan Africa.

Apply here!

Burkina Faso, photo by Issouf Sanogo, AFP
 

Temas: , ,