Título: A Homossexualidade na Conceção Afrocentrista de Molefi Kete Asante: Entre Libertação e Opressão
Autor: Bussotti, Luca
Tembe, António
Palavras-chave: Homossexualidade
Afrocentrismo
Asante
Cultura africana
Dignidade humana
Liberdade sexual
Homosexuality
Afrocentricity
Asante
African culture
Human dignity
Sexual freedom
Data: 25-Ago-2014
Resumo: Com este artigo, pretende-se discutir a conceção relativa à homossexualidade apresentada por uma das correntes filosóficas mais destacadas da contemporaneidade: o Afrocentrismo. Esta corrente, inspirada na lição de Check Anta Diop, tem sido desenvolvida pelo afro-americano Asante, que a concebe como paradigma alternativo ao eurocêntrico, visando libertar as mentes dos africanos (do continente e da diáspora) das influências ocidentais, enraizadas na experiência colonial e da escravatura. Entretanto, um dos limites que, na visão dos autores, este paradigma encontra, reside na negação da dignidade da homossexualidade e dos homossexuais, com base numa suposta tradição africana. O artigo procura, portanto, demonstrar as profundas ambiguidades do Afrocentrismo sobre este assunto, colocando a questão da homossexualidade como central para que o elementar direito de opção sexual seja livre e possa ser aceite na cultura africana.
This article aims to discuss the conception of homosexuality as presented by Afrocentricity, one of the most important philosophical currents of contemporary times. Inspired by Check Anta Diop, this current has been developed by the Afro-American philosopher Asante, who conceives it as an alternative paradigm to the Eurocentric one. Asante’s main goal is to free African minds (living in the continent as in the diaspora) from Western influences rooted in the experience of colonialism and slavery. However, one of the limits of this paradigm, according to the authors, is connected to the denial of dignity in respect to homosexuality and homosexuals, alleging a supposed African tradition. The article seeks to show the deep ambiguities of Afrocentricity in relation to the issue here approached, considering homosexuality as a pivotal question in order to guarantee the basic right of sexual option, which should be accepted by African cultures.
URI: http://hdl.handle.net/10071/7708

 

 

Temas: